CBD pode reduzir danos no pulmão de infectados por Covid-19

Uma pesquisa realizada pela Augusta University, nos Estados Unidos, apontou que o canabidiol pode ajudar a reduzir os danos causados pela Covid-19 nos pulmões dos infectados. Quer entender como funciona? Leia nosso artigo e saiba mais! 

Embora haja diminuição na quantidade de novos casos e de óbitos registrados mundialmente por Covid-19, ainda estamos longe do fim da pandemia. No entanto, na busca incessante pela cura e por medidas que diminuam os danos causados pela doença, alguns pesquisadores começaram a se dedicar à procura de soluções alternativas, como as relacionadas à Cannabis. 

Em uma pesquisa realizada por cientistas norte-americanos foi sugerido que os compostos ativos da planta têm várias propriedades que a tornam um potencial tratamento complementar para infecções do novo Coronavírus, inclusive para reverter danos pulmonares. 

 

Pulmão é o órgão mais afetado pelo novo Coronavírus 

 

Médicos e pesquisadores de todo o mundo sabem que o pulmão não é o único, mas é certamente o órgão mais afetado pela Covid-19. Isso ocorre porque o contato com o SARS-CoV-2 causa uma tempestade de citocina, resposta imunológica excessiva que atrai muitas células inflamatórias para dentro do tecido pulmonar, causando prejuízos aos pulmões que vão desde inflamações até a fibrose pulmonar, doença respiratória crônica que torna os tecidos pulmonares espessos e rígidos, como se eles fossem cobertos por cicatrizes. 

Esse é um dos principais motivos que leva alguns pacientes infectados com o Coronavírus à morte. 

 

Como o CBD pode ajudar pacientes infectados pelo Coronavírus? 

 

Em setembro de 2020 pesquisadores da Augusta University publicaram um estudo promissor no jornal “Cannabis and Cannabinoids Research“, cujos resultados sugerem a eficácia do CBD no tratamento do desconforto respiratório agudo causado pela Covid-19. 

Os testes com CBD foram realizados em pulmões artificiais de laboratório e em camundongos.

 

Saiba mais: O que é CBD e quais são as suas aplicações?

 

Os roedores foram divididos em três grupos com 10 camundongos cada. O primeiro grupo recebeu uma dose intranasal e salina da CBD durante três dias. O segundo grupo recebeu uma versão intranasal de Poly I:C pelo mesmo período. Já o terceiro grupo recebeu a Poly I:C por três dias de forma intranasal, mas também teve uma dose de CBD administrada de forma intraperitoneal. 

No segundo grupo, que não recebeu o tratamento com o CBD, os níveis sanguíneos do peptídeo apelina (conhecido por reduzir inflamações no organismo) foram reduzidos a quase zero, enquanto o tratamento com o canabidiol aumentou os níveis de sangue em até 20 vezes, fazendo com que ele “quase voltasse ao normal”, conforme relata Jack Yu, coautor da pesquisa: “O CBD quase trouxe o nível do peptídeo de volta ao normal”. 

O CBD atuou contra a tempestade de citocina e permitiu que os níveis naturais da apelina fossem restaurados. Além disso, a CBD também conseguiu melhorar os níveis de oxigênio, reduzir a inflamação e também os danos físicos nos pulmões artificiais e nos camundongos. 

Segundo Babak Baban, imunologista e um dos autores da pesquisa: “A apelina é um peptídeo feito de células do coração, do pulmão, do cérebro, de tecidos de gordura e do sangue, e é um regulador importante para reduzir a pressão sanguínea e a inflamação”. 

Para os pesquisadores, a questão é que o vírus SARS-CoV-2 entra nas células humanas por meio da angiotensina (ECA2), enzima conversora que tem características em comum com a apelina. Ambas estão presentes em diversos tecidos e células, como as pulmonares, e normalmente trabalham juntas para controlar a pressão sanguínea. 

Com um Ph.D. concluído na Universidade de Londres, Babak Baban publicou ainda outro estudo, desta vez no Journal of Cellular and Molecular Medicine, periódico científico bimestral publicado pela Wiley-Blackwell em associação com a Foundation for Cellular and Molecular Medicine. O estudo relata que o tratamento com CBD foi capaz de reverter os sintomas da SDRA (Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo) para um nível normal. 

Em entrevista ao Canna Reporter, Baban conclui que: “a administração de CBD evitou danos adicionais aos tecidos pulmonares e reverteu o dano. Mais importante, o CBD foi capaz de normalizar as frequências das células imunológicas no sangue e o respectivo nível de oxigênio”. 

 

Leia também: 25 patologias que podem ser tratadas com o canabidiol 

 

Óleos de CBD Pangaia 

 

Somos uma empresa multinacional norte-americana que atua no mercado brasileiro como comerciante de produtos à base de Cannabis. 

Em busca de proporcionar melhor qualidade de vida e tratamentos alternativos, os óleos de CBD Pangaia são produzidos por um time de especialistas com mais de 15 anos de experiência

na área e são submetidos a um rigoroso controle de qualidade em todas as suas etapas de produção. 

Clique aqui, acesse nosso site e conheça todos os benefícios do CBD.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
POSSO TE AJUDAR?
POSSO TE AJUDAR?
Perguntas, dúvidas, problemas? Estamos aqui para ajudá-los!
Conectando...
Nenhum de nossos operadores está disponível no momento. Por favor, tente novamente mais tarde.
Nossos operadores estão ocupados. Por favor, tente novamente mais tarde.
:
:
:
Você tem alguma pergunta? Escreva para nós!
:
:
Esta sessão de bate-papo foi encerrada
Was this conversation useful? Vote this chat session.
Good Bad